Capacitação

Curso Operador Retroescavadeira NR 11 | EAD | Ao Vivo | 1481

O Curso Operador de Retroescavadeira NR 11 / NR 31 visa capacitar o trabalhador para a operação segura da máquina autopropelida Retroescavadeira, abrangendo as etapas teórica e prática, a fim de permitir habilitação adequada do operador para trabalho seguro.

  • Certificado : Sim
  • Modalidade : EAD
  • Carga Horária : 16h
  • Pré-Requisitos Mínimos : Alfabetização Completa (Leitura e Escrita) e CNH B à E
Curso Operador Retroescavadeira NR 11 | EAD | Ao Vivo | 1481

O CURSO

O Curso Operador de Retroescavadeira NR 11 / NR 31 visa capacitar o trabalhador para a operação segura da máquina autopropelida Retroescavadeira, abrangendo as etapas teórica e prática, a fim de permitir habilitação adequada do operador para trabalho seguro.

O que é Retroescavadeira?
A retroescavadeira é diferente de um trator comum, pois possuí em sua frente uma pá montada e em sua traseira uma carregadeira, o equipamento é empregado principalmente nas construções urbanas.
As funções da máquina basicamente são: escavar valetas para tubulação de água e esgoto, carregar caminhões com terras e dejetos, nivelamento de terrenos, derrubada de paredes, entre outras funções.
Importante: Os operadores obrigatoriamente deverão ser Capacitados antes de iniciar qualquer tipo de trabalho e Atualizados periodicamente conforme preconiza as normas regulamentadoras.

O DIFERENCIAL

Para conhecer o diferencial do nosso site

clique aqui!

QUAL CONTEÚDO?

Valorização profissional e aspectos motivacionais Legislação  e Segurança e Medicina do trabalho;
Conscientização da Importância do Manual de Instrução de Máquinas e Equipamentos;
O perfil do operador de Máquinas;
Princípios de funcionamento do equipamento;
Terminologia dos principais componentes da máquina;
Braço Extensível;
Instrumentos , Interruptores, Alavancas e Comandos;
Impactos e Meio Ambiente;
Inspeção visual dos níveis de óleo, água e painel de instrumentos;
Principio de funcionamento do sistema de: arrefecimento, alimentação de combustível, lubrificação, elétrico, hidráulico, transmissão, regulagem de esteira e freios;
A utilização correta de implementos e acessórios;
Operações de carregamentos, profundidade e alinhamento de escavação;
Correção de vícios na execução das tarefas no trabalho;
A eficiência na operação para a economia de combustível;
Segurança na operação, Transporte correta do equipamento;
Praça de operação Posições de carga / operação;
Remoção da Retroescavadeira, Instalação da Retroescavadeira, Estacionamento correto;
Partida e Parada do Motor, amaciamento do Motor, riscos de vazamentos;
Utilização do Inversor Hidráulico – Power shuttle, para conduzir a máquina em aclives e declives;
Operação da Retro escavadeira, com exercícios de dificuldade crescente;
Utilização da Retroescavadeira como Guindaste;
Responsabilidades do Operador , conforme CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) M.T.E.
Check list– Inspeção diária da Retro escavadeira – Tabela de observação diária Identificação dos instrumentos do painel e componentes;
Manobras diversas;

Complementos para Máquinas e Equipamentos quando for o caso:
Conscientização da Importância:
Manual de Instrução de Operação da Máquina ou Equipamento;
Plano de Inspeção e Manutenção da Máquina ou Equipamento seguindo a NR 12;
Relatório Técnico com ART da Máquina ou Equipamento conforme NR 12;
Teste de Carga (com ART) conforme NR 12;
END (Ensaios Não Destrutivos) conforme NR 12;

Complementos da Atividade:
Conscientização da Importância:
APR (Análise Preliminar de Riscos);
PAE (Plano de Ação de Emergência;
PGR (Plano de Gerenciamento de Riscos);
Compreensão da necessidade da Equipe de Resgate;
A Importância do conhecimento da tarefa;
Prevenção de acidentes e noções de primeiros socorros;
Proteção contra incêndios;
Percepção dos riscos e fatores que afetam as percepções das pessoas;
Impacto e fatores comportamentais na segurança;
Fator medo;
Consequências da Habituação do Risco;
Causas de acidente de trabalho;
Noções sobre Árvore de Causas;
Noções sobre Árvore de Falhas;
Entendimentos sobre Ergonomia;
Análise de Posto de Trabalho;
Riscos Ergonômicos;

 

Exercícios Práticos;
Registro das Evidências;
Avaliação Teórica e Prática;
Certificado de Participação.

Instrutores

N° 12 - Engenheiro Moreira

N° 12 - Engenheiro Moreira

Coach e Mentor em Engenheiro de Segurança e Saúde do Trabalho, Química e Ciências da Computação

Para saber mais clique aqui.

N° 07 - Técnico Castro

N° 07 - Técnico Castro

Coach e Mentor em Segurança do Trabalho, Emergências Químicas e Combate à Incêndios

Para saber mais clique aqui.

EDITAL

NR – 01 – Disposições Gerais;
NR- 06 – Equipamento de Proteção Individual – EPI;
NR-11 – Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais;
NR-12 – Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos;
NR-18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção;
NR-31 – Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura;
ABNT NBR 13759 – Segurança de máquinas – Equipamentos de parada de emergência – Aspectos funcionais – Princípios para projeto;
ABNT NBR ISO/CIE 8995 – Iluminação de ambientes de trabalho;
Protocolo 2015 Guidelines American Heart Association;
Protocolo 2017 – Atualizações Específicas nas Diretrizes 2017 American Heart Association p/ Suporte Básico de Vida em Pediatria/Adultos e Qualidade de Ressuscitação Cardiopulmonar.
Portaria GM N.2048 – Política Nacional de Atenção as Urgências;
OIT 161 – Serviços de Saúde do Trabalho;
ISO 10015 – Gestão da qualidade – Diretrizes para treinamento;
ISO 45001 – Sistemas de gestão de saúde e segurança ocupacional – Requisitos com orientação para uso;
ISO 56002 – Innovation management — Innovation management system.
Nota: Este Serviço atende exclusivamente as exigências da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho (SEPRT); quando se tratar de atendimento a outros Órgãos, informe no ato da solicitação.


  • Mercado PagoÀ Vista por R$298,00